Vizinhos de padaria que faliu reclamam de mau cheiro em prédio fechado com comida há um mês

Há uma semana os vizinhos do prédio da Padaria Sabina, que fechou no começo do ano e pegou mais de 80 funcionários de surpresa, reclamam do mau cheiro que exala do local. Apesar de estar fechada desde 31 de dezembro, as prateleiras e geladerias continuam cheias de produtos.

Pães, bolos, doces, bebidas e até sorvetes continuam no local, como se ainda estivessem à venda. A situação é agravada pela falta de energia elétrica, cortada há cerca de 15 dias, segundo vizinhos.

Os alimentos em deterioração atraem baratas, mosquitos e até ratos. “Já vi ratos correndo pelo estacionamento e dentro da padaria. Não podemos reclamar da limpeza quando era aberta, eles sempre dedetizavam, mas isso que fizeram com a vizinhança é uma falta de consideração. O mau cheiro está demais”, afirma.

A Secretaria de Saúde de Sorocaba informou que equipes da Vigilância Sanitária (SES) e da zoonoses estiveram na padaria nesta semana, mas não conseguiram contato com o responsável pelo prédio, que era alugado pelos comerciantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.