Suspeito de matar mulher a facadas em Sorocaba é agredido após o crime

O homem suspeito de matar a facadas uma mulher em uma avenida movimentada de Sorocaba (SP), na terça-feira (26), foi agredido por pedestres logo após o crime.
A tentativa de linchamento só foi impedida com a chegada da equipe da Polícia Militar.
Segundo testemunhas, o homem deu ao menos dez facadas na vítima, ex-mulher dele, que chegou a ser socorrida, mas não resistiu.
De acordo com a polícia, Júlio Theodoro de Souza, de 33 anos, tentou fugir logo após golpear Mariana Pereira Ribeiro Coelho, de 34 anos, mas foi contido por pedestres que estavam perto do local do crime, na Avenida Coronel Nogueira Padilha, zona leste da cidade.

Ele foi detido e levado à delegacia, onde foi ratificada a prisão em flagrante por homicídio. A polícia investiga a causa do crime.
Mariana teve uma parada cardiorrespiratória ainda no local do crime. Ela chegou a ser socorrida ao Hospital Regional, mas não resistiu.

A polícia informou que as pessoas que agrediram o suspeito, se identificadas, podem ser punidas pelo ataque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.