Novos tsunamis podem atingir a costa da Indonésia, alertam autoridades

A costa da Indonésia pode ser atingida por novos tsunamis nos próximos dias, alertam as autoridades do país. O vulcão Anak Krakato, apontado como causa da tragédia da noite de sábado, segue em atividade.


Ao menos 373 pessoas morreram na catástrofe. De acordo com o Itamaraty, não há brasileiros entre as vítimas. Há ainda registro de mais de 1.459 feridos e 128 desaparecidos.


“Estamos recomendando atenção às pessoas. O vulcão Kratato continua em erupção, o que potencialmente pode desencadear outro tsunami”, declarou Sutopo Purwo Nugroho, porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres. As erupções marítimas – ou seja, por baixo das águas – não foram percebidas pelo sistema de alertas da região.


“O tsunami do sábado à noite causou vítimas e danos em Pandegland, Serang, Lampung Sul, Tanggamus e Pesawaran”, escreveu o presidente indonésio, Joko Widodo, na sua conta do Twitter.


Um vídeo mostrou o momento em que um show na costa é atingido pelas ondas, a partir do fundo do palco. Assista às imagens aqui.


Círculo de Fogo
A Indonésia, uma das áreas mais propensas a sofrer catástrofes no planeta, fica no Círculo de Fogo do Pacífico, onde se encontram placas tectônicas e que registra grande parte das erupções vulcânicas e terremotos do planeta.


O país sofre com frequência terremotos violentos, o mais recente deles na cidade de Palu, na ilha Célebes, onde milhares de pessoas morreram vítimas de um tremor e posterior tsunami.


Em 2004, um tsunami provocado por um terremoto no fundo do mar de 9,3 graus de magnitude, na costa de Sumatra, Indonésia, provocou a morte de 220.000 pessoas em vários países do Oceano Índico, 168.000 delas na Indonésia.