Morre o ator Burt Reynolds aos 82 anos estrela de Boogie Nights – Prazer Sem Limites, Amargo Pesadelo e Agarra-me Se Puderes

Reynolds recebeu uma indicação ao Oscar por sua atuação como diretor de filmes pornográficos Jack Horner no clássico Boogie Nights (1977), de Paul Thomas Anderson, e após isso tornou-se o principal atrativo de bilheteria até o fim da década de 70. Segundo informou o seu agente, Erik Kirtzer, o astro faleceu no hospital Jupiter Medical, na Flórida. Ele foi vítima de um ataque cardíaco, e vinha sofrendo problemas de saúde desde 2010.

O apelo de Reynolds nas telas baseava-se muito em sua “postura masculina pós-moderna”, utilizada para causar bons efeitos tanto em comédias quanto em filmes de ação. Após uma boa safra durante o fim da década de 1970, sua carreira sofreu um certo declínio depois de más escolhas. Ele retornou à televisão, estrelando séries e telefilmes de faroeste e até uma sitcom, Evening Shade, de 1990 a 1994.

Com 188 títulos em sua carreira, entre filmes, séries e vídeos, Burt Reynolds participou recentemente de Hitting the Breaks, Menina dos Olhos, Miami Love Affair, entre outros.

“Não falava muito sobre mim para novos roteiristas ou para papéis arriscados porque eu não estava interessado em me abrir como ator, eu estava interessado em me divertir,” recordou em 2015 para seu livro de memórias. “Como resultado, eu perdi muitas oportinidades de mostrar que eu poderia interpretar papéis sérios. No momento em que eu finalmente acordei e tentei consertar esta rota, ninguém mais me daria uma chance.”

Burt Reynolds estava também no elenco de Once Upon a Time in Hollywood, novo filme de Quentin Tarantino. Ele deixou um filho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.