Instagram e Snapchat suspendem uso de GIFs após caso de racismo

Instagram e Snapchat suspenderam neste fim de semana a inclusão de GIFs em suas plataformas após uma dessas imagens exibir conteúdo racista.

Apesar de o Facebook ser o dono do Instagram, a mesma plataforma em que o GIF racista foi encontrado permanecia ativa no Messenger, o serviço de bate-papo da rede social.

As duas redes sociais só passaram a permitir a adição das imagens animadas neste ano –Instagram em janeiro e Snap, em fevereiro. Para isso, os dois aplicativos fizeram uma parceria com o Giphy, uma plataforma colaborativa de criação de GIFs.

Só que a colaboração não durou muito. A partir desta sexta-feira (9), começaram a pipocar na rede relatos de usuários que encontram um GIF com uma mensagem racista.

Após buscar pela palavra “crime”, um dos resultados era o de uma imagem que mostrava um contador de mortes de negros e que usava uma palavra ofensiva (“Nigger”). O contador era rodado por macaco, enquanto um homem branco, agindo como um apresentador de auditório, dizia “Continue girando a manivela, Bonzo. Os números continuam a disparar”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.