Espuma em afluente do Rio Tietê foi causada por produtos para fabricação de sabão em pó

A espuma tóxica que cobriu o Córrego do Ajudante, em Salto (SP), nesta terça-feira (5), foi provocada por resíduos utilizados na fabricação de sabão em pó.


Segundo a prefeitura, o material estava no pátio da empresa de produtos químicos Amparo, que fica no bairro Olaria.


A cena impressionou os moradores da cidade. Segundo o empresário Lesley Soldan, a poluição prejudica a vida no rio. “Muito triste ver o rio morrendo desse jeito”, diz.

Com a chuva dos últimos dias, o produto foi para o sistema de drenagem e caiu no córrego. A espuma se espalhou por toda a extensão do riacho que corta a cidade e deságua no Rio Tietê.


A Química Amparo informou que está colaborando com a análise do caso. A Cetesb está analisando qual o valor da multa que será aplicada.


O afluente amanheceu nesta terça-feira (5) com uma grande quantidade de espuma tóxica que impressionou os moradores da cidade.